Agronegócio

Leite: preço ao produtor sobe 1,9% em setembro ante agosto

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 27 de setembro de 2019 - 00:00

São Paulo, 27 – O preço do leite ao produtor em setembro subiu 1,94% ante agosto e 9,5% em relação a setembro de 2018, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O valor, referente à captação do produto em agosto, foi de R$ 1,3728 o litro. “Este movimento atípico de mercado esteve atrelado à oferta limitada de leite no campo, já que a captação de agosto não se elevou conforme o esperado por agentes do setor, e à consequente maior disputa entre empresas por matéria-prima”, disse o centro de estudos em nota.

Conforme o Cepea, no Sudeste e Centro-Oeste, o período seco prejudica a disponibilidade de pastagens, o que limita a produção. No Sul, as condições favoráveis de produção elevaram a captação de agosto em 10,9%, caso do Rio Grande do Sul, em 11% em Santa Catarina e em 7,5% no Paraná. “Apesar do aumento da captação, o volume de leite não tem sido suficiente para abastecer o mercado doméstico e, consequentemente, laticínios concorrem pela matéria-prima, visando reduzir a ociosidade.”

A menor oferta sustentou as cotações dos derivados do leite. “No mercado atacadista de São Paulo, o preço médio do leite longa vida em agosto, de R$ 2,53/litro, ficou 7,3% acima do verificado em julho/19. Entretanto, o cenário para setembro mudou e a média mensal deste mês (até o dia 26) caiu 2%, para R$ 2,48/litro”, disse. Segundo colaboradores do Cepea, indústrias reduziram o volume de produção e, agora, operam com níveis de estoques de médio a baixo, no intuito de evitar custos extras, uma vez que os atacadistas pressionam por cotações mais baixas.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.