Notícias

Jovens ‘saem na mão’ com agentes militares em Curitiba

Três mulheres e um homem foram presos por desobediência e desacato e assinaram um termo circunstanciado

Guilherme
Guilherme Barchik
Jovens ‘saem na mão’ com agentes militares em Curitiba
(Foto: Reprodução)

17 de maio de 2021 - 13:31 - Atualizado em 18 de maio de 2021 - 12:38

Na tarde deste domingo (16), a Polícia Militar foi atender uma ocorrência por perturbação de sossego na Rua Eduardo Pinto da Rocha, no Osternack, Bairro Sítio Cercado em Curitiba. Quatro jovens foram presos após confusão generalizada.

Segundo reportagem da RIC Record Curitiba, a denúncia era de música alta, gritaria e algazarra. Quando a equipe policial chegou no local, teria sido hostilizada pelos frequentadores.

Assista o vídeo da confusão

Polícia Militar emite nota sobre o caso

Segundo o Boletim de Ocorrência, por volta de 9h de domingo (16/05), a PM foi acionada para verificar uma denúncia de perturbação do sossego na rua Professor Naoki Kishida, no bairro Sítio Cercado. No local, os policiais militares constataram uma festa com aproximadamente 40 pessoas aglomeradas, sem máscara e com som alto.

Ainda segundo o Boletim, os policiais conversaram com a proprietária para que desligasse o som e encerrasse a aglomeração, mas a mulher não acatou as orientações.

Por conta da quantidade de pessoas no local, foi solicitado apoio de mais equipes do 13° Batalhão, e quando o reforço chegou, segundo o boletim, um dos envolvidos na festa passou a xingar os policiais e, em certo momento, deu um soco no rosto de um dos policiais militares. Ainda de acordo com o documento, as equipes tentaram a abordagem para cessar a agressão, mas outras pessoas que estavam na festa também passaram a agredir as equipes da PM.

Consta ainda no Boletim que uma mulher jogou um copo de vidro na cabeça de um policial que tentava deter o primeiro agressor. Durante a situação, a mulher e o homem ficaram com lesões no rosto durante a resistência à abordagem policial e foram encaminhados para receberem atendimento médico antes de serem levados à delegacia. Outras duas mulheres, que participaram da situação, foram encaminhadas à quarta companhia do 13° Batalhão para lavratura do Termo Circunstanciado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.