Notícias

Jovem pedala cinco estados para arrecadar R$ 30 mil para deficientes

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

18 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 18 de novembro de 2018 - 00:00

O jovem pretende percorrer 50 cidades para arrecadar R$ 30 mil, entenda! (Foto: Instagram/Reprodução)

A campanha ‘Pedale por aqueles que ainda não podem’ começou em outubro em Porto Alegre; o objetivo é arrecadar dinheiro para associações de deficientes físicos

Um jovem saiu pedalando de Porto Alegre e pretende chegar ao Rio de Janeiro, percorrendo quase 3.000 km, no dia 23 de dezembro de 2018, para arrecadar doações em prol de duas instituições para pessoas com deficiência física. Ele está pedindo dinheiro nas ruas, pontos turísticos das cidades e também nos sinais de trânsito. 

Pedalada beneficente: jovem percorre cinco estados

O Pepe Fiamoncini-o jovem que está pedalando para arrecadar R$ 30 mil- pretende percorrer 50 cidades. Sua aventura começou no dia primeiro de outubro em Porto Alegre. De acordo com Fiamoncini, de 28 anos, o objetivo do projeto é ajudar no desenvolvimento das pessoas com deficiência física para que elas um dia voltem a andar ou pedalar. Por isso, o projeto se chama ‘Pedale por aqueles que ainda não podem’. Além de arrecadar dinheiro, o jovem também visita tratamento de pessoas com deficiência.

“Já passei por muita chuva, muito pneu furado, muito perrengue. Mas eu tô muito feliz com a mensagem que eu tô passando e com as pessoas que estou me conectando”, contou com um sorriso no rosto. Fiamoncini ainda declarou que a mãe não aprovou nada a ideia dele ficar três meses longe de casa, mas quando ele mostrou o planejamento, ela ficou mais tranquila e aprovou a pedalada.

Na bagagem do atleta: colchão, manta, roupas, ferramentas e um coração tão grande quanto a causa que defende. “Eu quis usar dessas minhas habilidades com o esporte para tentar dar um pouquinho que seja para que eles possam sentir o vento no rosto, para que eles possam tentar caminhar novamente e tentar de uma forma inclusiva colocar eles no esporte“, afirmou.

Pepe está carregando, diariamente, 35 quilos na bicicleta para que o projeto seja realizado 
(Foto: Nilson Machado/RICTV Curitiba)

‘Vaquinha’ para associações de deficientes físicos 

Segundo o Pepe, o valor arrecadado irá ajudar duas instituições: Associação Desportiva para Deficientes (ADD) e a Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação (ABBR). A primeira ajuda há 22 anos pessoas de todas as idades no desenvolvimento pessoal por meio do esporte.  A ADD conta com 71 atletas de alto rendimento, 270 jovens iniciantes no esporte, 12 atletas paraolímpicos e 250 voluntários.

Já a ABBR, foi fundada em 1954 e é referência no tratamento de deficientes físicos em mais de 12 setores. Além do centro reabilitação, a associação conta com oficina ortopédica para fabricação de próteses, órteses e calçados. ABBR possui 14 unidades de tratamento espalhadas pelo país, atendendo, aproximadamente, mil paciente por dia.

“Difícil né, ver pessoas que se dispõe a fazer isso pelo próximo, não somente pelo seu belo prazer. Por isso, admiro muito esse trabalho que ele tem feito. É o amor demonstrado em atitudes e não só em palavras”, contou uma mulher que ajudou na ‘vaquinha’. 

Objetivo da pedalada beneficente é R$ 30 mil

Além de angariar doações pessoalmente, o projeto ‘Pedale por aqueles que ainda não podem’ possui um site para arrecadar dinheiro. Até este domingo, dezoito de novembro de 2018, o Pepe conseguiu R$ 7 mil. Apesar de ser um grande número, o objetivo é conseguir R$ 30 mil.

O jovem está publicando toda essa aventura em prol das associações em sua rede social. Lá, ele conta como está a viagem pelos cinco estados, as pedaladas compartilhadas e também pela ajuda que ele recebe. Em um dos post, ele apresentou o Calor, que perdeu a primeir perna aos 14 anos. Apesar da dor, ele não desistiu e começar a nadar e foi campeão em diversos campeonatos. 

Mas, depois de alguns anos, ele perdeu a outra perna e se encontrou novamente no esporte para dar um sentido na vida. No dia seis de novembro, Pepe e Carlos pedalaram por Navegantes. Confira!

Pepe e Carlos pelas ruas de Navegantes 
(Foto: Reprodução/Instagram)

O jovem fica em Curitiba até este domingo (18), em seguida, vai para Rio Branco do Sul e depois, Cerro Azul, ambas na Região Metropolitana. Sua última parada acontece no dia 23 de dezembro, quando Pepe chega na Praia da Macumba, no Rio de Janeiro. Dia 24/12, o jovem chega em casa para passar o Natal em família. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.