Notícias

Jovem apontado como líder do Baleia-Azul é preso em operação policial

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

18 de julho de 2017 - 00:00 - Atualizado em 18 de julho de 2017 - 00:00

Rapaz foi preso no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

O foco da operação é encontrar os líderes do jogo que induz adolescentes a se machucarem e até cometerem o suicídio

Policiais civis fazem, nesta terça-feira (18), uma operação para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de envolvimento com o jogo Baleia-Azul. Pelo menos um rapaz, de 23 anos, já foi preso e teria confessado aos policiais que era um dos “curadores” do jogo.

O jovem foi detido na favela Nova Era, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. Os mandados expedidos pela Justiça estão sendo cumpridos em 20 municípios do Amazonas, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

A operação, chamada Aquarius, é coordenada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da Polícia Civil fluminense. O jogo Baleia-Azul é praticado em comunidades fechadas de redes sociais como Facebook e WhatsApp e instiga os participantes, em maioria adolescentes, a cumprir 50 tarefas – a última delas é o suicídio. 
 
 
Leia mais: