Notícias

J&J estuda como acelerar entrega de vacina contra Covid-19 à Índia

Reuters
Reuters
J&J estuda como acelerar entrega de vacina contra Covid-19 à Índia
Frascos rotulados como de vacina contra Covid-19 em frente a logo da Johnson & Johnson em foto de ilustração

29 de junho de 2021 - 09:17 - Atualizado em 29 de junho de 2021 - 09:22

BENGALURU (Reuters) – A Johnson & Johnson (J&J) disse nesta terça-feira que está conversando com o governo da Índia para estudar maneiras de acelerar a entrega de sua vacina contra Covid-19 de dose única no país.

Na manhã desta terça-feira, o jornal Economic Times noticiou que a empresa não realizará mais testes locais de sua vacina na esteira da decisão indiana de descartar testes clínicos de ligação para vacinas aprovadas por agências reguladoras de outras nações.

A J&J não especificou em seu comentário se descartou ou não o teste.

Em abril, a empresa sediada nos Estados Unidos disse estar buscando uma aprovação para realizar um teste clínico de ligação na Índia da candidata a vacina contra Covid-19 de sua subsidiária Janssen.

No final de maio, porém, o país excluiu testes locais de vacinas “bem estabelecidas” fabricadas em outros países.

Mais de 41 milhões de doses de vacinas foram administradas em toda a Índia só na última semana em um momento no qual especialistas dizem que a vacinação generalizada continua sendo uma das melhores ferramentas para evitar o tipo de devastação que o país testemunhou durante a segunda onda da pandemia.

(Por Shivani Singh, Anuron Kumar Mitra e Juby Babu em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5S0OO-BASEIMAGE