Notícias

Japão proíbe entrada de estrangeiros após registro de variante do coronavírus

Reuters
Reuters

26 de dezembro de 2020 - 13:06 - Atualizado em 26 de dezembro de 2020 - 13:06

TÓQUIO (Reuters) – O Japão anunciou neste sábado a proibição temporária da entrada de estrangeiros não residentes no país, em uma tentativa de proteger suas fronteiras após detectar casos de uma nova variante altamente infecciosa do coronavírus.

A proibição entrará em vigor a partir de 28 de dezembro e durará até janeiro, disse o governo em comunicado enviado por e-mail.

Cidadãos japoneses e residentes estrangeiros terão permissão para entrar, mas precisarão apresentar prova de um teste de coronavírus negativo 72 horas antes de partir para o Japão e deverão ser colocados em quarentena por duas semanas após a chegada, de acordo com o comunicado.

Na sexta-feira, o Japão relatou seus primeiros casos de uma variante de rápida disseminação em passageiros que chegaram do Reino Unido.

A nova variante também foi detectada em um homem que visitou o Reino Unido e um membro de sua família –os primeiros casos de pessoas infectadas encontradas fora dos postos de controle do aeroporto— informou a Nippon TV no sábado.

A nova variante levanta preocupações sobre um aumento nos casos da doença, enquanto Tóquio relatou outra alta recorde no sábado.

As infecções pelo vírus que causa a doença Covid-19 atingiram um recorde de 949 na capital, no momento em que o Japão se dirige para o feriado de Ano Novo, que costuma ver um fluxo de pessoas da capital para as províncias.

(Por Chris Gallagher e Sam Nussey)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.