Brasil

Itaú, Bradesco e Santander vão comprar 5 milhões de testes rápidos do novo coronavírus

Lucas
Lucas Sarzi
Itaú, Bradesco e Santander vão comprar 5 milhões de testes rápidos do novo coronavírus
Foto: Ilustrativa.

26 de março de 2020 - 00:00 - Atualizado em 26 de março de 2020 - 00:00

Depois que a mineradora Vale divulgou a doação de 5 milhões de kits de testes rápidos para coronavírus ao Brasil, os bancos Itaú, Bradesco e Santander anunciaram que também vão fazer uma doação. Segundo a decisão, que foi tomada em conjunto pelos presidentes dos três bancos, outros 5 milhões de testes rápidos para detectar o novo coronavírus vão ser doados, além de equipamentos médicos como tomógrafos e respiradores.

De acordo com nota conjunta, a iniciativa dos três maiores bancos privados do país vai levar em conta as orientações do Ministério da Saúde e a disponibilidade dos itens no mercado. A medida teve como objetivo apoiar os esforços de profissionais da saúde neste momento e leva em conta orientações de especialistas que dizem que a testagem em massa de parte da população suspeita de contágio pode ser “decisiva para a superação da crise”.

Os bancos constituíram uma força-tarefa com profissionais de cada instituição que definiu a logística para a importação dos kits de testagem e dos equipamentos. Os empresários definiram que é preciso solidariedade das empresas e das pessoas neste momento. Ainda nesta quarta-feira, o Itaú Unibanco também anunciou a doação de R$ 150 milhões para infraestrutura hospitalar, compra de equipamentos médicos, cestas de alimentação e kits de higiene.