Economia

Investimento na poupança: Saiba como investir e quais os riscos

Lais
Lais Andrade da equipe RIC Mais, sob supervisão de Larissa Ilaídes. Com informações do Sicredi
Investimento na poupança: Saiba como investir e quais os riscos
Fonte: (Sicredi)

27 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de abril de 2020 - 00:00

econoEm um momento de incertezas, os brasileiros estão optando por investimentos mais seguros, como o investimento na poupança. Afinal, é importante investir e poder contar com uma reserva financeira, para lidar com imprevistos ou poder planejar o futuro com mais segurança.

Como realizar investimento na poupança

A poupança é uma modalidade de investimento classificado como seguro, que possui remuneração mensal e isenção de imposto de renda e IOF para pessoas físicas. É possível utilizar a conta poupança normalmente para novos depósitos, aplicações e resgates durante o período de investimento.

Fonte: (Sicredi)

Para começar a investir, é necessário realizar a abertura da conta em uma agência bancária, por meio de um gerente. Não esqueça de consultar quais as condições e documentos solicitados, no banco da sua escolha. Você não precisa começar com muito dinheiro e pode resgatar esse valor quando quiser.

Quais os riscos do investimento na poupança

No atual cenário econômico, que tem exigido investimentos mais seguros por parte dos brasileiros, a poupança é extremamente competitiva.

A poupança é um investimento de baixo risco. O risco presente nessa modalidade de investimento está associado a uma possível falência do local onde o dinheiro foi aplicado.

Dicas para começar a poupar dinheiro e investir

O primeiro passo para assumir o controle da sua vida financeira, é colocar na ponta do lápis os seus rendimentos, gastos fixos, gastos programados e metas. É importante ter total ciência do quanto você ganha, gasta e do valor que pode poupar.

Existem três aspectos que devem ser levados em consideração, por você, que começou a investir agora:

  1. Guarde o que sobrar;
  2. Estabeleça metas;
  3. Faça investimentos para multiplicar.

“A poupança é e sempre foi uma das modalidades mais tradicionais do brasileiro, pela simplicidade, facilidade e conveniência em realizar. Exige aportes pequenos e faz o investidor ir criando cultura da educação financeira, uma vez que passa a ver mês a mês as suas economias aumentarem, de um jeito simples e sem sobressaltos.”, explica o diretor de Desenvolvimento da Central Sicredi PR/SP/RJ, Adilson Felix de Sá.

Para incentivar o hábito de poupar, a empresa Sicredi está premiando associados nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, por meio da Promoção Poupar e Ganhar sem Parar.

Fonte: Sicredi