Internacionais

“Você gostou”, declarou à vítima homem condenado por estupro

Os abusos teriam começado quando a vítima tinha apenas 11 anos

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do Manchester Evening News
“Você gostou”, declarou à vítima homem condenado por estupro
(Foto: Reprodução/GMP)

14 de julho de 2021 - 10:32 - Atualizado em 14 de julho de 2021 - 10:32

Um homem foi preso por estuprar uma menina de 13 anos depois de prendê-la em sua van. Gary Healey, 61, de Tyldesley, na Inglaterra, teria atacado sua vítima cinco ou seis vezes.

O homem é acusado de tentar beijar a menina pela primeira vez quando ela tinha apenas 11 anos. O abuso progrediu enquanto ele a molestava na parte de trás de sua van, dizendo-lhe para tirar a calcinha e, que se ela não fizesse, “ele faria isso por ela”.

Quando a menina completou 14 anos e resistiu às investidas do estuprador, segundo o Manchester Evening News, ele teria afirmado:

“Bem, você gostou. Você não vai me deixar nem te beijar na bochecha? Eu te amo demais, eu nunca te machucaria.”

As ofensas vieram à tona depois que a garota contou o que acontecia aos seus amigos. Como parte da investigação, a irmã mais nova da vítima contou a polícia e disse aos policiais que se lembrava de Healey “esfregando o órgão genital” quando estava sentada entre ele e sua irmã.

“Ele disse à irmã mais nova para não olhar e que logo estariam em casa”, acrescentou a promotoria.

Para atenuar, Martin Callery, advogado de defesa, disse que seu cliente era um homem de “bom caráter”, um “homem trabalhador e pai de família”, e pediu “misericórdia” na sentença. Mesmo assim, Healey foi condenado a 14 anos de prisão por agressão sexual e estupro e deve cumprir nove anos e quatro meses antes de poder ser libertado sob licença.

“Durante o julgamento, o tribunal ouviu uma gravação sua e da verdadeira natureza com que falou com ela. Você foi dominador e coercivo.”, afirmou a juíza Rachel Smith, no momento da sentença.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.