Internacionais

Trabalhador fica gravemente ferido após ser atacado por camelo em zoológico

A homem de 54 foi mordido no rosto quando estava no recinto dos animais

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Trabalhador fica gravemente ferido após ser atacado por camelo em zoológico
Foto: Ilustrativa/Pixabay

20 de janeiro de 2021 - 12:02 - Atualizado em 20 de janeiro de 2021 - 12:04

Um trabalhador sofreu ferimentos graves ao ser atacado por um camelo no Zoológico de Perleberg, localizado entre Berlim e Hamburgo, na Alemanha. O incidente ocorreu na manhã do último domingo (17). 

De acordo com o The Mirror, o homem de 54 anos foi mordido no rosto quando estava no recinto para limpar e alimentar os animais.  

Ele foi socorrido e levado às pressas para um hospital, onde recebeu o tratamento necessário. 

Os camelos possuem uma mordida capaz de esmagar o crânio humano. Em 2017, um construtor indiano morreu após se aproximar de um animal que estava amarrado e levar uma mordida na cabeça. 

Zoológico onde o trabalhador foi atacado pelo camelo. (Foto: Reprodução)

Ataque de gorila em zoológico

Em setembro de 2020, uma tratadora de animais também ficou gravemente ferida no Zoológico de Madri, na Espanha, após ser atacada por um gorila.

Na ocasião, a mulher de 46 anos sofreu traumatismo craniano, trauma torácico com fraturas múltiplas e teve os dois braços quebrados. 

Um comunicado do zoológico informou que o gorila entrou em uma “área de segurança com porta tripla”, que não deveria ser acessada pelos animais, e, por isso, o ataque aconteceu. 

Leões atacam tratadora 

Já em maio de 2020, uma tratadora de 35 anos quase morreu no Zoológico de Shoalhaven, em New South Wales, na Austrália, depois de ser atacada por dois leões.

Para resgatá-la, os paramédicos precisaram ‘entrar na cova dos leões’. Ela foi encontrada inconsciente e sofrendo de ‘várias lacerações e mordidas’.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.