Internacionais

Texanos sofrem com falta de água mesmo com retomada da rede elétrica após tempestade

Reuters
Reuters
Texanos sofrem com falta de água mesmo com retomada da rede elétrica após tempestade
Pessoas buscam abrigo em unidade do Exército da Salvação em Plano, no Texas

19 de fevereiro de 2021 - 16:20 - Atualizado em 19 de fevereiro de 2021 - 16:21

Por Callaghan O’Hare

HOUSTON (Reuters) – Quase metade da população do Texas estava sofrendo com falta de água nesta sexta-feira, como consequência de uma tempestade de inverno arrasadora que provocou cinco dias de blecautes antes de a rede elétrica do Estado norte-americano voltar a funcionar.

Todas as usinas elétricas texanas estão trabalhando novamente, embora mais de 195 mil casas ainda estivessem sem eletricidade na manhã desta sexta-feira, e mais de 14,4 milhões de pessoas de 160 dos 254 condados do Estado estavam testemunhando transtornos no suprimento de água, de acordo com a Comissão de Qualidade Ambiental do Texas.

Jennifer Jordan, moradora de 54 anos de Midlothian, ao sul de Dallas, disse que ela e o marido estão entre aqueles ainda sem energia, apesar de a conta online da família com a prestadora de serviço indicar que os problemas foram “resolvidos”.

O gelo que derrubou linhas de transmissão durante a semana e outros problemas obrigam funcionários das prestadoras de serviço a correrem para religar a energia das casas, e o poderoso setor de petróleo e gás do Texas procura maneiras de retomar a produção.

Hospitais de algumas áreas atingidas duramente ficaram sem água e transferiram pacientes para outros locais, e milhões de pessoas foram orientadas a ferver a água para torná-la segura para beber. Usinas de tratamento de água foram desligadas nesta semana, o que pode permitir a proliferação de bactérias danosas.

Lina Hidalgo, principal autoridade eleita do condado de Harris, que inclui Houston, disse que “a rede elétrica continua frágil”.

(Por Brad Brooks, em Lubbock, Texas; Nathan Layne, em Wilton, Connecticut; Callaghan O’Hare, em Houston; e Steve Holland, em Washington; Reportagem adicional de Maria Caspani, em Nova York)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1I1AZ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.