Internacionais

Testes de vacina indiana contra Covid-19 devem ser finalizados em até dois meses

Reuters
Reuters

22 de novembro de 2020 - 15:46 - Atualizado em 22 de novembro de 2020 - 15:46

Por Krishna N. Das e Neha Arora

NOVA DÉLHI (Reuters) – O ministro da Saúde da Índia disse neste domingo que uma potencial vacina contra a Covid-19 desenvolvida localmente deverá ter seus testes finais concluídos em um ou dois meses, aumentando a expectativa de uma implementação rápida no segundo país com o maior número de infecções do mundo.

O Conselho Indiano de Pesquisa Médica (ICMR), administrado pelo Estado, e a empresa privada Bharat Biotech iniciaram neste mês o terceiro estágio de testes da COVAXIN, em um processo que envolverá 26.000 voluntários. É a vacina experimental indiana em estágio mais avançado.

“Estamos no processo de desenvolver nossas vacinas nativas e de completar nossos testes da terceira fase no próximo mês ou nos próximos dois meses”, disse Harsh Vardhan em uma webconferência sobre a pandemia.

Ele reiterou que o plano do governo é imunizar de 200 milhões a 250 milhões de indianos até julho.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.