Internacionais

Tempestade tropical Elsa ganha força e ruma ao centro-sul de Cuba

Reuters
Reuters
Tempestade tropical Elsa ganha força e ruma ao centro-sul de Cuba
Soldado do Exército cubano faz patrulha em Havana antes de chegada da tempestade Elsa a Cuba

5 de julho de 2021 - 10:29 - Atualizado em 5 de julho de 2021 - 10:30

Por Marc Frank e Kate Chappell

HAVANA (Reuters) – A tempestade tropical Elsa ganhou força na noite de domingo, quando seu centro se aproximou do centro-sul de Cuba, e o governo da ilha caribenha emitiu alertas de furacão para as províncias de Cienfuegos e Matanzas.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) previu que o Elsa ficará um pouco mais forte antes de chegar a Cuba.

Mais cedo no domingo, o Elsa chegou ao leste cubano, açoitando palmeiras com ventos intensos e causando chuvas constantes em partes do litoral sul.

Sediado em Miami, o NHC disse que dados de uma aeronave indicaram ventos contínuos máximos de cerca de 100 quilômetros por hora e rajadas mais fortes. No sábado, a entidade rebaixou o Elsa, antes classificado como furacão.

Um furacão é caracterizado por ventos de ao menos 121 quilômetros por hora.

“Há muito vento e ondas de um metro ou mais”, disse Wilfredo Muñoz López, que aluga quartos a turistas em Cabo Cruz, por telefone. “Ninguém está nas ruas. Todos estão em casa ou em abrigos, já que acreditamos que ficará pior.”

Meteorologistas locais estão alertando para chuvas intensas durante dias, e as piores atingirão o centro e talvez o oeste de Cuba.

“Não há muito vento, mas muita chuva, mesmo para esta área”, disse a dona de casa Misladi Pulgar no sopé das montanhas de Sierra Maestra, mais continental do que Cabo Cruz. “Eles retiraram todos que moram perto dos rios e reservatórios.”

(Por Marc Frank em Havana, Cuba, Kate Chappell em Kingston, Jamaica, e Andre Paultre em Porto Príncipe, Haiti)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH640GS-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.