Internacionais

Senado da França obstrui referendo sobre mudança climática

Reuters
Reuters
Senado da França obstrui referendo sobre mudança climática
Torre Eifeel em dia com pior qualidade do ar em Paris em uma década

5 de julho de 2021 - 18:19 - Atualizado em 5 de julho de 2021 - 18:21

PARIS (Reuters) – O Senado da França obstruiu um referendo prometido pelo presidente Emmanuel Macron para indagar se a luta contra a mudança climática deveria ser consagrada na Constituição do país.

Macron havia prometido organizar tal votação em reação às críticas de que não faz o suficiente para proteger o planeta.

O Senado é dominado pela oposição conservadora. Em maio, a Casa atenuou um esboço de legislação que exigiria que a Constituição “garantisse” a luta contra a mudança climática, preferindo um palavreado menos rígido.

Parlamentares de direita expressaram o receio de que uma garantia estatal pudesse se tornar um obstáculo à inovação e aos negócios na França.

Um grupo de senadores de centro ligados ao partido de Macron disse em um comunicado nesta segunda-feira que a decisão do Senado fecha a porta para a realização de um referendo definitivamente.

“Os conservadores do Senado são incapazes de entender a importância das questões ambientais”, disse o grupo RDPI.

O palavreado original da cláusula havia sido proposto por uma comissão de 150 cidadãos estabelecida por Macron para elaborar propostas de políticas para o combate à mudança climática.

Um referendo exige que as câmaras baixa e alta do Parlamento estejam de acordo.

(Por Elizabeth Pineau)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH640VB-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.