Internacionais

Rússia diz que saída dos EUA de pacto de controle de armas é “erro político”

Reuters
Reuters
Rússia diz que saída dos EUA de pacto de controle de armas é “erro político”
Bandeiras dos EUA e da Rússia em fábrica em Vsevolozhsk

28 de maio de 2021 - 08:46 - Atualizado em 28 de maio de 2021 - 08:46

MOSCOU (Reuters) – A Rússia disse nesta sexta-feira que a decisão dos Estados Unidos de não retornar ao pacto de controle de armas Céus Abertos, que permite voos de vigilância desarmados sobre países-membros, é um “erro político” antes de uma cúpula entre os respectivos presidentes.

A decisão norte-americana original de romper com o pacto foi tomada no ano passado pelo governo do então presidente Donald Trump, mas a Rússia esperava que seu sucessor, Joe Biden, a revertesse.

Na quinta-feira, porém, o governo Biden informou Moscou que não retornará ao pacto acusando a Rússia de violá-lo — o que esta negou.

Sergei Ryabkov, vice-ministro russo das Relações Exteriores, disse nesta sexta-feira que a medida de Washington foi uma oportunidade desperdiçada de reforçar a segurança na Europa.

“Os EUA cometeram mais um erro político, infligindo um novo golpe no sistema de segurança europeu”, disse ele, segundo a agência de notícias Tass. “Nós lhes demos uma boa chance, que eles não aproveitaram. Eles continuam a divulgar fabricações sobre as violações russas deste acordo, o que é completamente absurdo”.

Autoridades dos EUA dizem que a Rússia viola os termos do pacto ao restringir os sobrevoos norte-americanos na vizinha russa Geórgia e no enclave russo de Kaliningrado, no litoral do Mar Báltico, alegações que a Rússia refuta.

O tratado permite que países realizem voos de vigilância desarmados com pouco aviso prévio sobre todo o território de outras partes e coletem informações sobre as respectivas forças militares.

(Por Maxim Rodionov, Alexander Marrow e Dmitry Antonov)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4R0KN-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.