Internacionais

Rússia apoia esforços de Biden para prorrogar tratado de controle de armas

Reuters
Reuters
Rússia apoia esforços de Biden para prorrogar tratado de controle de armas
Biden em Wilmington, Delaware

20 de janeiro de 2021 - 12:55 - Atualizado em 20 de janeiro de 2021 - 12:56

MOSCOU (Reuters) – O governo russo disse na quarta-feira que continua comprometido em prorrogar o tratado de controle de armas nucleares Novo START com os Estados Unidos, e apoiaria os esforços prometidos pelo governo do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, para chegar a um acordo.

O acordo Novo START (Tratado de Redução de Armas Estratégicas), que foi assinado em 2010 e expira em fevereiro, limita o número de ogivas nucleares, mísseis e bombardeiros que a Rússia e os Estados Unidos podem usar.

“A Rússia e seu presidente são a favor da preservação deste acordo”, disse o porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov a repórteres em uma teleconferência. “Se nossos colegas norte-americanos demonstrarem de fato vontade política de preservar este pacto estendendo-o, isso será bem-vindo.”

O indicado de Biden para secretário de Estado, Antony Blinken, disse na terça-feira que o próximo governo dos EUA buscaria estender o pacto.

No ano passado, o presidente russo, Vladimir Putin, pediu a Washington que prorrogasse o último grande pacto de armas nucleares entre os dois países por um ano, sem quaisquer condições.

O fracasso na extensão do Novo START pode alimentar uma potencial corrida armamentista e tensões entre Moscou e Washington.

(Reportagem de Dmitry Antonov)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0J155-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.