Internacionais

Remdesivir da Gilead reduz risco de mortalidade da Covid-19, mostram dados

Reuters
Reuters
Remdesivir da Gilead reduz risco de mortalidade da Covid-19, mostram dados
Técnico de laboratório mostra caixa do Remdesivir nas instalações da Eva Pharma no Cairo

21 de junho de 2021 - 14:37 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 14:40

Por Mrinalika Roy

(Reuters) – A Gilead Sciences Inc disse que uma análise mostrou que seu antiviral remdesivir reduziu as taxas de mortalidade em pacientes hospitalizados com Covid-19 e aumentou a probabilidade de alta no 28º dia após um curso de cinco dias de tratamento.

A farmacêutica disse nesta segunda-feira que analisou dados de 98.654 pacientes de três estudos retrospectivos de tratamento real de pacientes hospitalizados com Covid-19.

O remdesivir alcançou uma redução estatisticamente significativa de 54% e 23% no risco de mortalidade entre os pacientes analisados em dois dos estudos, disse a empresa. Os dados foram apresentados no World Microbe Forum (WMF) nesta semana.

A Gilead disse que os resultados foram observados de forma consistente em diferentes períodos durante o curso da pandemia e em todas as geografias.

O remdesivir foi aprovado para uso emergencial em pacientes graves nos Estados Unidos, Índia e Coreia do Sul, e recebeu aprovação total no Japão.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5K11Z-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.