Internacionais

Reino Unido considerará mais medidas após repressão de Mianmar contra manifestantes

Reuters
Reuters

20 de fevereiro de 2021 - 16:22 - Atualizado em 20 de fevereiro de 2021 - 16:22

LONDRES (Reuters) – O Reino Unido considerará mais medidas aos envolvidos na violência contra manifestantes em oposição ao golpe em Mianmar, afirmou o ministro das Relações Exteriores, Dominic Raab, após duas pessoas serem mortas pela polícia e soldados atirarem para dispersar os protestos.

“Os tiros contra manifestantes pacíficos em Mianmar são inaceitáveis. Vamos considerar mais medidas, com nossos parceiros internacionais, contra aqueles que estão esmagando a democracia e sufocando a dissidência”, escreveu Raab em um tuíte.

O Reino Unido impôs sanções contra três generais do Mianmar na quinta-feira, acusando-os de sérias violações de direitos humanos após o golpe.

(Reportagem de Alistair Smout)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.