Internacionais

Premiês húngaro e polonês debaterão nova aliança com líder da Liga italiana

Reuters
Reuters
Premiês húngaro e polonês debaterão nova aliança com líder da Liga italiana
Matteo Salvini

30 de março de 2021 - 18:11 - Atualizado em 30 de março de 2021 - 18:37

Por Gergely Szakacs

BUDAPESTE (Reuters) – Os primeiros-ministros da Hungria e da Polônia se encontrarão com o líder do partido de direita italiano Liga na quinta-feira para debater a formação de uma nova aliança política europeia, disseram autoridades.

As conversas entre o premiê húngaro, Viktor Orbán, o primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, e Matteo Salvini devem ocorrer na capital húngara, Budapeste.

Falando a repórteres em Roma, Salvini disse que a mola propulsora das conversas será questões como saúde, imigração, educação e crescimento econômico.

Mas ele disse que os três também conversarão sobre alianças internacionais e que espera que todos os partidos de direita da Europa possam se unir em um único grupo no Parlamento Europeu.

O partido Fidesz de Orbán saiu do principal bloco de centro-direita pan-europeu, o Partido Popular Europeu (EPP), no início deste mês, dois anos depois de ser suspenso por causa de políticas criticadas por conservadores tradicionais por serem autoritárias.

As políticas nacionalistas de Orbán são vistas há tempos como mais condizentes com blocos menores à direita do EPP – sobretudo o grupo eurocético Conservadores e Reformistas Europeus (ECR), que inclui o partido Lei e Justiça (PiS) de Morawiecki ou o grupo de direita Identidade e Democracia, que inclui a Liga.

“Se eu tivesse um desejo, seria que os dois grupos que estão divididos atualmente… se fundissem em um único grupo grande que recolocaria em foco os valores originais da Europa”, disse Salvini a repórteres estrangeiros.

(Reportagem adicional de Crispian Balmer em Roma)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2T1KD-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.