Internacionais

Prédio desaba na Flórida; uma pessoa morreu e equipes buscam sobreviventes

O prefeito da cidade afirmou que pelo menos dez pessoas foram atendidas com ferimentos, mas uma vítima não resistiu e morreu no hospital

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do R7 e da CNN
Prédio desaba na Flórida; uma pessoa morreu e equipes buscam sobreviventes
(Foto: MARCO BELLO/REUTERS)

24 de junho de 2021 - 10:46 - Atualizado em 24 de junho de 2021 - 10:46

O desabamento de parte de um prédio residencial de 12 andares em Surfside, na região de Miami, nos Estados Unidos, na madrugada desta quinta-feira (24), deixou pelo menos um morto. O prédio tinha 40 anos de existência e as equipes de busca trabalham para resgatar moradores ainda presos nos escombros.

As causas do desabamento ainda são desconhecidas. Uma montanha de entulho foi formada após o ocorrido, onde cerca de 80 equipes de resgate trabalham na busca de possíveis vítimas e sobreviventes.

O prédio tem 130 apartamentos, mas não se sabe quantos estavam ocupados ou quantas pessoas estavam lá dentro quando uma parte completa da estrutura caiu. Isso porque, devido à sua localização turística, em Miami Beach, famosa praia da região, muitos moradores não vivem lá de forma permanente.

Ao comentar o caso à CNN, o prefeito, Charles W. Burkett, classificou a situação como “uma catástrofe terrível“.

“Nos Estados Unidos, os edifícios simplesmente não desabam”, disse o prefeito.

O prefeito afirmou ainda que dez pessoas foram feridas e atendidas no local. Destas, duas foram enviadas a um hospital e uma morreu no hospital. 

(Foto: Joe Raedle/Getty Images/AFP)

Vizinhos disseram que ficaram com medo ao ouvir o que parecia ser uma explosão.

“Foi como se pedras caíssem e depois começaram a cair faíscas da parede. Acordei nervoso com toda essa tragédia. Foi bastante feio, na verdade”, disse Armando Roig, que mora ao lado do prédio colapsado, à emissora Notícias 23.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.