Internacionais

Portugal compartilhará vacinas contra Covid-19 com ex-colônias da África e Timor Leste

Nações africanas estão com dificuldade para obter vacinas para sua população

Reuters
Reuters
Portugal compartilhará vacinas contra Covid-19 com ex-colônias da África e Timor Leste
Bombeiro em centro de vacinação na cidade portuguesa de Seixal

24 de fevereiro de 2021 - 12:24 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2021 - 13:38

LISBOA (Reuters) – Portugal enviará 5% de suas vacinas contra Covid-19 a um grupo de países africanos que têm o português como idioma e à pequena nação de Timor Leste na segunda metade do ano, disse o ministro das Relações Exteriores, Augusto Santos Silva, nesta quarta-feira.

Com uma população de pouco mais de 10 milhões de habitantes, Portugal tem direito a 35 milhões de doses de vacina neste ano, conforme um esquema de aquisição coordenado pela União Europeia, a maior parte para as inoculações de duas doses, o que o deixará com milhões de vacinas de sobra. A parcela de 5% representa 1,75 milhão de doses.

O grupo de países é composto pelas ex-colônias portuguesas de Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial e São Tomé e Príncipe.

Santos Silva disse aos repórteres que a distribuição de vacinas entre estes países, assim como à antiga colônia de Timor Leste, no sudeste asiático, é parte de um esforço de “cooperação bilateral”. Profissionais de saúde locais serão treinados para administrar as vacinas.

Nações africanas estão com dificuldade para obter vacinas para sua população combinada de 1,3 bilhão de pessoas, e só algumas começaram a administrar doses.

Também nesta quarta-feira, o esquema de compartilhamento de vacina Covax da Organização Mundial da Saúde (OMS) entregou suas primeiras vacinas contra Covid-19 a Gana. A UE contribuiu para o Covax com 500 milhões de euros adicionais.

(Por Catarina Demony)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759)) REUTERS ES

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1N129-BASEIMAGE