Internacionais

Portugal acelera vacinação em Lisboa para conter casos crescentes de coronavírus

Reuters
Reuters
Portugal acelera vacinação em Lisboa para conter casos crescentes de coronavírus
Vacinação em Lisboa

25 de maio de 2021 - 16:37 - Atualizado em 25 de maio de 2021 - 16:41

LISBOA (Reuters) – Portugal acelerará a vacinação em Lisboa em junho, começando com pessoas na faixa dos 30 e 40 anos, informou seu secretário da Saúde nesta terça-feira, na tentativa de diminuir um aumento de casos de coronavírus na capital.

As pessoas de 40 anos ou mais receberão a vacina a partir de 6 de junho, disse António Lacerda Sales, e aquelas de 30 anos ou mais a partir de 20 de junho.

As autoridades de saúde também acelerarão os exames na região, visando escolas, populações vulneráveis, como postulantes a asilo, e áreas movimentadas, como estações centrais de trem, criando unidades móveis de exame para transeuntes.

Farmácias de toda Lisboa já oferecem um exame de antígeno gratuito a cada 15 dias aos moradores.

“Precisamos agir de uma maneira preventiva e proativa para romper cadeias de transmissão”, disse Lacerda Sales.

Portugal está suspendendo quase todas as restrições por meio de um afrouxamento gradual das regras em vigor desde abril depois de quatro meses de lockdown rigoroso.

Embora os casos permaneçam relativamente estáveis em toda a nação, sendo de cerca de 300 a 600 casos novos por dia, Lisboa testemunha uma elevação mais acentuada em maio, particularmente entre jovens adultos, disse o secretário da Saúde.

O país acumula um total de 845.840 casos e 17.021 mortes desde o início da pandemia.

(Por Victoria Waldersee)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4O1AO-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.