Internacionais

Policial capota carro de grávida após se irritar com a demora para ela encostar o carro

A grávida afirma que o acostamento da rodovia era estreito e que ela, com o pisca-alerta ligado, procurava o melhor lugar para estacionar quando foi surpreendida pela manobra arriscada do policial

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do Unilad
Policial capota carro de grávida após se irritar com a demora para ela encostar o carro
(Foto: Reprodução/Arkansas State Police)

11 de junho de 2021 - 10:11 - Atualizado em 11 de junho de 2021 - 10:11

Uma mulher entrou com um processo contra a Polícia Estadual de Arkansas (EUA) no mês passado por causa de uma perseguição policial sofrida por ela, que estava grávida

No incidente, que ocorreu no ano passado, Nicole Harper contou ao jornal Unilad que estava dirigindo perto de Jacksonville quando o policial Rodney Dunn, que estava em uma viatura, ordenou que ela parasse.

Nicole afirma que acendeu imediatamente o pisca-alerta e diminuiu a velocidade, em busca de um lugar seguro para estacionar. O acostamento daquele ponto da rodovia era muito estreito, e a “demora” irritou o policial, que adotou uma manobra: usando a técnica de imobilização de precisão (PIT, na sigla em inglês), ele atingiu o carro da americana e o fez capotar.

Segundo o Unilad, o advogado de Nicole argumenta no processo que Rodney preferiu usar uma força mortal contra uma mulher grávida que estava procurando um lugar seguro para parar. Além disso, ele observou que o policial conduziu o PIT sem saber quem estava no carro, sem considerar que poderiam haver crianças pequenas a bordo.

Embora a polícia supostamente planeje lutar contra o processo, é improvável que o resultado tenha um impacto pessoal sobre Rodney, já que a lei do Arkansas prevê que ele está imune de qualquer responsabilidade pessoal por suas ações.

A americana deu à luz sem maiores complicações.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.