Internacionais

Pfizer inicia exportação de vacinas da Covid-19 feitas nos EUA; México será primeiro a receber

Reuters
Reuters
Pfizer inicia exportação de vacinas da Covid-19 feitas nos EUA; México será primeiro a receber
Vacinação contra Covid-19

29 de abril de 2021 - 20:25 - Atualizado em 29 de abril de 2021 - 20:26

Por Carl O’Donnell

(Reuters) – A remessa de vacinas contra a Covid-19 da Pfizer para o México nesta semana inclui doses fabricadas nos Estados Unidos, a primeira de muitas exportações de doses a partir dos EUA, afirmou uma fonte familiarizada com o assunto à Reuters nesta quinta-feira. 

O lote de vacinas, produzido na unidade da Pfizer em Kalamazoo, no Michigan, marca a primeira vez que a farmacêutica entrega para o exterior a partir de uma sede nos Estados Unidos após o vencimento no final de março de uma restrição da era Trump sobre exportações de doses, diz a fonte.

O governo dos EUA está sob pressão nas últimas semanas para providenciar o excedente de vacinas para outros países necessitados enquanto progride rapidamente na vacinação de seus próprios cidadãos. Muitos países assolados pelo vírus ainda estão tendo dificuldades para adquirir vacinas para ajudar a controlar a pandemia. 

A Pfizer já despachou mais de 10 milhões de doses para o México até agora, tornando-se a maior fornecedora de vacinas da Covid-19 para o país.

O Ministério da Saúde do México anunciou o recebimento de 2 milhões de doses da Pfizer nesta semana.

A Pfizer produz sua vacina contra a Covid-19 em parceria com a alemã BioNTech.

(Reportagem de Carl O’Donnell em Nova York; reportagem adicional de Allison Martell em Toronto e Adriana Barrera na Cidade do México)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3S1HK-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.