Internacionais

Pfizer e autoridades de saúde dos EUA discutirão terceira dose contra Covid-19 na segunda-feira

Reuters
Reuters

11 de julho de 2021 - 16:00 - Atualizado em 11 de julho de 2021 - 16:00

WASHINGTON (Reuters) – A fabricante da vacina contra a Covid-19 Pfizer se reunirá com autoridades federais norte-americanas de saúde na segunda-feira para discutir a necessidade de uma dose de reforço da imunização contra o coronavírus enquanto busca autorização para isso, afirmou a empresa neste domingo.

A reunião ocorre dias depois que a farmacêutica e sua parceira BioNTech anunciaram intenção de buscar a aprovação regulatória dos EUA e da Europa para uma terceira dose da vacina contra a Covid-19 em meio à disseminação de variantes. Segundo as empresas, há evidências de risco elevado de infecção seis meses após a inoculação inicial.

Essa notícia gerou uma resposta rápida da FDA (a agência norte-​americana de Alimentos e Medicamentos, na sigla em inglês) e do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), dizendo que os norte-americanos não precisam de reforço neste momento.

Na segunda-feira, a Pfizer deve se reunir com representantes da FDA, disse um porta-voz da empresa. A reunião foi relatada pela primeira vez pelo Washington Post.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.