Internacionais

Paraguai faz apreensão recorde de US$500 milhões em cocaína escondida em carregamento de carvão

Reuters
Reuters
Paraguai faz apreensão recorde de US0 milhões em cocaína escondida em carregamento de carvão
Foto de arquivo de apreensão de cocaína em Assunção, no Paraguai, em 2019

20 de outubro de 2020 - 12:44 - Atualizado em 20 de outubro de 2020 - 12:46

ASSUNÇÃO (Reuters) – A polícia do Paraguai informou nesta terça-feira que apreendeu uma carga recorde de 2,3 toneladas de cocaína em um porto particular próximo de Assunção com um valor de mercado de cerca de 500 milhões de dólares escondida em um carregamento de carvão destinado a Israel.

A unidade antinarcóticos encarregada da operação relatou que o montante total das drogas confiscadas no porto de Terport de Villeta, localizado cerca de 30 quilômetros da capital paraguaia, foi de 2.370 quilos.

As autoridades disseram que a cocaína estava escondida em um carregamento de seus contêineres de carvão que deveriam ser enviados a Israel. “As drogas estavam em um dos contêineres, em sacolas de quatro quilos”, disse o comissário Osvaldo Ávalos aos repórteres.

A polícia prendeu duas pessoas identificadas como responsáveis por planejar a exportação, e a procuradoria reconheceu uma delas como um ex-diretor de um canal de televisão estatal.

Trata-se da maior apreensão de cocaína já feita no Paraguai, considerado um país de trânsito para o tráfico de drogas para a Europa e outros destinos, ultrapassando o confisco de 2,2 toneladas ocorrido em Concepción, um departamento do norte, no início de 2019.

(Por Daniela Desantis)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9J1AH-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.