Internacionais

Papa não participará de eventos em razão de nova crise ciática

Reuters
Reuters

23 de janeiro de 2021 - 15:53 - Atualizado em 23 de janeiro de 2021 - 15:55

CIDADE DO VATICANO (Reuters) – O papa Francisco sofreu uma nova crise ciática que causa dores na perna, forçando-o a perder três eventos nas próximas 48 horas, disse o Vaticano neste sábado.

O papa ainda deve ler seu discurso semanal no Angelus ao meio-dia no domingo, no entanto, ele perderá duas cerimônias religiosas programadas para 24 e 25 de janeiro, e adiará um discurso anual ao corpo diplomático que foi marcado para segunda-feira.

A doença reapareceu em dezembro passado e fez com que Francisco não pudesse participar de serviços religiosos durante o feriado de Ano Novo. Ele não pareceu sentir um desconforto indevido nas aparições subsequentes.

O papa, de 84 anos, sofre há muito tempo de dor ciática, uma condição que faz com que a dor irradie da parte inferior das costas ao longo do nervo ciático até a parte inferior do corpo.

Ele às vezes é visto andando com dificuldade por causa do problema e recebe fisioterapia regularmente.

Francisco estava programado para liderar uma missa no domingo na Basílica de São Pedro e celebrar outra na segunda-feira em uma igreja em Roma. Ambas as cerimônias requerem que o celebrante principal fique de pé durante a maior parte do serviço.

A saúde do papa está geralmente boa desde sua eleição em 2013 e os eventos do Ano Novo foram as primeiras grandes cerimônias a que ele perdeu por causa de uma doença.

(Reportagem de Philip Pullella)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.