Internacionais

Países ameaçam esquema de vacinas Covax fazendo seus próprios acordos, diz OMS

Reuters
Reuters
Países ameaçam esquema de vacinas Covax fazendo seus próprios acordos, diz OMS
.

26 de fevereiro de 2021 - 16:07 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2021 - 16:11

GENEBRA (Reuters) – Países que buscam suas próprias doses de vacinas contra Covid-19 estão fechando acordos com farmacêuticas que ameaçam o suprimento do programa global Covax para países pobres e de renda média, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira.

“Agora, países ainda estão buscando acordos que comprometerão o suprimento da Covax”, disse Bruce Aylward, conselheiro sênior da OMS, em uma entrevista coletiva. “Sem dúvida”.

Há tempos a OMS pede que países ricos façam com que as vacinas sejam compartilhadas justamente. A entidade é uma das líderes do Covax, programa criado para abastecer centenas de milhões de doses de vacinas para países pobres e de renda média – mas até agora o Covax teve uma distribuição lenta.

“Não podemos derrotar a Covid sem igualdade de vacinas. Nosso mundo não se recuperará rápido o suficiente sem igualdade de vacinas, isto está claro”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Fizemos um grande progresso. Mas este progresso é frágil. Precisamos acelerar o suprimento e a distribuição de vacinas contra Covid-19, e não podemos fazer isso se alguns países continuam a abordar fabricantes que estão produzindo vacinas com as quais a Covax conta”.

“Estas ações minam o Covax e privam profissionais de saúde e pessoas vulneráveis de todo o mundo de vacinas que salvam vidas.”

Ele também pediu que países dispensem regras de propriedade intelectual para que outros países possam fazer vacinas mais rapidamente.

“Se não agora, quando?”

(Por Michael Shields)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1P1FR-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.