Internacionais

Padre flagrado com cocaína na batina é preso ao jogar ácido no rosto de bispos

O sacerdote era julgado pelos bispos por esconder cocaína na região de seus órgãos genitais, quando se revoltou com a decisão dos bispos e atacou-os com ácido sulfúrico

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do The Guardian e do TaNea
Padre flagrado com cocaína na batina é preso ao jogar ácido no rosto de bispos
(Foto: Petros Giannakouris/AP)

24 de junho de 2021 - 11:39 - Atualizado em 24 de junho de 2021 - 11:39

Um padre ortodoxo grego de 37 anos foi preso após jogar ácido nos rostos de sete bispos em Atenas, na Grécia na tarde desta quarta-feira (23). Além de três bispos ainda hospitalizados em estado grave como resultado do ataque, dois advogados também estão sendo tratados por queimaduras no rosto e nas mãos, assim como um policial que correu para ajudar e prender o suspeito.

O ministro da Saúde da Grécia, Vasilis Kikilias, descreveu o episódio como “sem precedentes e trágico”.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, os bispos estavam em sessão como parte de um processo disciplinar no monastério Petraki contra o padre, que havia sido acusado de esconder 1,8 gramas de cocaína sob sua batina na área de seus órgãos genitais em junho de 2018 .

De acordo com o jornal grego TaNea, o religioso, que não teve a identidade revelada, admitiu ter a droga para “uso pessoal”. Ao fim do julgamento, os bispos teriam decidido afastar definitivamente o padre de seu sacerdócio. Revoltado com a notícia, ele atacou os presentes com ácido sulfúrico.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.