Internacionais

ONU vê ação “excessiva” da polícia em disparos contra homem negro em Wisconsin

Reuters
Reuters
ONU vê ação “excessiva” da polícia em disparos contra homem negro em Wisconsin
Grafite em placa de trânsito em Kenosha, no Estado norte-americano de Wisconsin

28 de agosto de 2020 - 09:43 - Atualizado em 28 de agosto de 2020 - 09:47

GENEBRA (Reuters) – O escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas afirmou nesta sexta-feira que as imagens dos disparos contra Jacob Blake em Wisconsin, nos Estados Unidos, pareciam mostrar que o policial havia usado força “excessiva”, provavelmente de natureza discriminatória.

“Pelas imagens disponíveis que vimos neste momento, a polícia parece ter usado força contra Jacob Blake que parece excessiva”, disse Rupert Colville em uma coletiva de imprensa virtual em Genebra, afirmando que o uso da força não aparentou cumprir os padrões internacionais.

“Também parece altamente possível que a força usada contra Blake seja de natureza discriminatória”, acrescentou.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG7R11H-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.