Internacionais

ONU cancela reuniões presenciais em Nova York devido a infecções por Covid-19

Reuters
Reuters
ONU cancela reuniões presenciais em Nova York devido a infecções por Covid-19
Prédio da ONU em Nova York

27 de outubro de 2020 - 15:36 - Atualizado em 27 de outubro de 2020 - 15:41

NOVA YORK (Reuters) – A Organização das Nações Unidas (ONU) cancelou todas as reuniões presenciais em sua sede de Nova York nesta terça-feira depois que cinco pessoas da missão do Níger na entidade foram infectadas com o coronavírus, disseram diplomatas.

Depois de passar a operar de forma essencialmente virtual desde que a cidade norte-americana se tornou um foco global de Covid-19 em março, o organismo de 193 países havia voltado a realizar algumas reuniões presenciais com precauções contra a Covid-19, como exigir que os diplomatas usem máscaras, praticar o distanciamento social e restringir o número de pessoas nas reuniões.

Em uma carta enviada a países-membros na noite de segunda-feira, o presidente da Assembleia-Geral, Volkan Bozkir, disse que a unidade médica da ONU recomendou cancelar as reuniões presenciais nesta terça-feira à espera do rastreamento de contatos dos infectados.

O Níger é um integrante do Conselho de Segurança de 15 membros, que se reuniu presencialmente pela última vez na quinta-feira. Diplomatas disseram que pessoas que compareceram ao encontro em questão estão passando por exames de detecção de Covid-19, e uma reunião presencial sobre a Síria planejada para esta terça-feira foi realizada virtualmente.

(Por Michelle Nichols)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9Q1RE-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.