Internacionais

Mulher é estuprada dentro de trem por 40 minutos enquanto outros passageiros a filmavam

Câmeras de segurança provam que os passageiros filmara a ação e não fizeram nada

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com informações do Philadelphia Inquirer e supervisão de Caroline Berticelli
Mulher é estuprada dentro de trem por 40 minutos enquanto outros passageiros a filmavam
Departamento de Polícia de Upper Darby mostrando a jornalistas as caixas de emergência do trens (Foto: Tom Gralish/The Philadelphia Inquirer via AP)

20 de outubro de 2021 - 16:48 - Atualizado em 20 de outubro de 2021 - 16:48

Uma mulher foi estuprada em um trem na Filadélfia, nos Estados Unidos, enquanto os outros passageiros filmavam e tiravam fotos do crime. Os abusos sofridos pela vítima aconteceram na quarta-feira (13) e duraram em torno de 40 minutos. Em todo este tempo, ninguém fez nada para ajudar.

De acordo com as informações divulgadas pelo jornal Philadelphia Inquirer, a polícia local afirma que o suspeito e a vítima haviam entrado na mesma estação e sentado um do lado do outro. Porém, durante a viagem, a mulher o empurrou diversas vezes até que, por fim, ele rasgou a roupa dela e cometeu o crime.

Ainda conforme relatou a polícia, o socorro foi prestado apenas quando um funcionário do trem que entrou em contato com o serviço de urgência. Toda a violência foi filmada por câmeras de segurança. A partir dessas imagens é possível ver os outros passageiros filmando e fotografando a cena de horror vivida pela mulher.

“Posso dizer que as pessoas estavam segurando seus telefones na direção da mulher que estava sendo atacada”,

afirmou o chefe de polícia da Autoridade de Transporte do Sudeste da Pensilvânia, Thomas J. Nestel.

As imagens não foram divulgadas. O suspeito do crime foi identificado como Fiston Ngoy, de 35 anos. Ele foi preso e teve uma fiança fixada em em US$ 180 mil – o equivalente a R$ 992 mil. Já em relação a vítima, ela foi levada a um hospital.