Internacionais

Menino morre após 27 golpes de judô durante aula

Após os médicos constatarem que o menino ficaria em estado vegetativo, a família decidiu autorizar o desligamento dos aparelhos que o mantinham vivo

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do Taipei News, Taiwan News e BBC News
Menino morre após 27 golpes de judô durante aula
(Foto: Getty Images)

1 de julho de 2021 - 09:57 - Atualizado em 1 de julho de 2021 - 09:57

Um menino de 7 anos morreu, nesta terça-feira (29), em Taiwan. A criança foi internada no dia 21 abril após uma aula de judô, onde foi derrubada no chão pelo professor e os colegas mais de 27 vezes, até desmaiar e sofrer uma hemorragia cerebral. A criança ficou em coma por 70 dias e, sabendo que o coma deixaria o menino em estado vegetativo, a família decidiu desligar os aparelhos que o mantinham vivo.

Em um vídeo, o professor aparece ordenando que alunos mais velhos derrubem o menino repetidas vezes, e depois o próprio professor joga o aluno no chão. Por isso, o treinador, que tem quase 60 anos, foi acusado de agressão física que resultou em ferimentos graves e usando um menor para cometer um crime, de acordo com o site de notícias local Taipei Times. Identificado apenas pelo sobrenome Ho, o idoso foi libertado no início deste mês sob fiança de NT $ 100.000, o equivalente a cerca de 17 mil reais.

Após a morte da vítima, no entanto, os promotores mudarão sua acusação para “ferimento causando morte”, de acordo com o site de notícias Taiwan News. Se for considerado culpado, ele pode enfrentar desde um mínimo de sete anos de prisão até prisão perpétua, acrescentou o relatório.

O vídeo que serviu como prova para a denúncia do professor foi gravado pelo tio da criança, como tentativa de convencer a mãe do menino que a luta não deveria mais ser praticada por ele.

“Eu ainda me lembro daquela manhã em que eu o levei para a escola. Ele se virou e disse ‘Adeus, mama’. À noite, ele ficou assim”, disse a mãe do garoto à BBC News.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.