Caroline
Caroline Berticelli / Editora com informações do R7 e Estadão Conteúdo

25 de janeiro de 2020 - 00:00

Atualizado em 25 de janeiro de 2020 - 00:00

Internacionais

Médico chinês que tratava de pacientes com coronavírus morre infectado pela doença

Pelo menos 1.297 casos foram confirmados e 41 pessoas morreram em decorrência do surto do novo coronavírus

Médico chinês que tratava de pacientes com coronavírus morre infectado pela doença
Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Pulmonar de Wuhan. (Foto: CGTN Photo/Reprodução R7)

O médico Liang Wudong, de 62 anos, que estava na linha de frente do surto de coronavírus morreu no Hospital Hubei Xinhua, na cidade de Wuhan, na China. A informação foi confirmada pelo jornal China Global Television Network (CGTN) no Twitter. 

O médico que cuidava dos pacientes identificados com a doença foi contaminado pelo coronavírus.

Coronavírus na China

O surto de pneumonia foi relatado pela primeira vez na cidade de Wuhan em dezembro de 2019. Especialistas atribuíram o surto a uma nova cepa de coronavírus que se espalhou pela China e no exterior.

As cidades e províncias que apresentaram o maior número de casos estão sendo monitoradas e controladas de forma mais rígida, entre elas, Zhejiang, Guangdong, Hunan, Hubei, Anhui, Tianjin, Pequim, Xangai, Chongqing, Sichuan, Jiangxi, Yunnan, Guizhou.

Até o momento, pelo menos 1.297 casos foram confirmados e 41 pessoas morreram em decorrência do surto de pneumonia no país.

Coronavírus na Austrália

Na noite desta sexta-feira (24), Austrália anunciou seu primeiro caso do novo coronavírus. Trata-se de um cidadão chinês, na casa dos 50 anos, que estava na cidade de Wuhan. De acordo com autoridades sanitárias, ele está em condição estável em um hospital de Melbourne. “É importante enfatizar que não há motivo de alarme para a comunidade”, disse disse a ministra da Saúde de Victoria Jenny Mikakos a jornalistas. A diretora interina de saúde de Victoria, Angie Bone, disse que o paciente não está em tratamento intensivo. “Ele é estável e não está em uma condição muito séria”, disse ela.

Coronavírus no mundo

Com o registro da Austrália aumentou para onze o número de países com infecção. São eles: França, Japão, Coreia do Sul, Singapura, Estados Unidos, Vietnã, Arábia Saudita, Taiwan, Nepal, Tailândia e, agora, Austrália. Nos EUA, dois casos já foram confirmados e mais de 60 registros suspeitos estão em investigação.