Internacionais

Marido de 39 mulheres, chefe da “maior família do mundo” morre na Índia

O homem somava mais de 90 filhos

Reuters
Reuters Por Alasdair Pal e Adnan Abidi
Marido de 39 mulheres, chefe da “maior família do mundo” morre na Índia
Ziona posa para foto em 2011 no vilarejo de Baktawng, na Índia

14 de junho de 2021 - 11:40 - Atualizado em 14 de junho de 2021 - 12:52

Um homem de 76 anos que era marido de 39 esposas e 94 filhos e que se dizia ser o chefe da maior família do mundo morreu no nordeste da Índia, informou o ministro-chefe de seu Estado.

Ziona Chana, chefe de uma seita cristã local que permite a poligamia, morreu no domingo(13), tuitou Zoramthanga, ministro-chefe de Mizoram que atende por um único nome.

Com um total de 167 membros, a família é a maior do mundo, de acordo com a mídia local, mas isto depende de se contarem os netos, dos quais Ziona teve 33.

Ziona morava com os familiares em uma estrutura rosa ampla de quatro andares de cerca de 100 cômodos em Baktawng, um vilarejo remoto de Mizoram que se tornou uma atração turística por causa dele, de acordo com Zoramthanga.

A seita Chana foi fundada pelo pai de Ziona em 1942 e tem centenas de famílias filiadas. Ziona se casou pela primeira vez com 17 anos e afirmava ter se casado com dez mulheres em um único ano.

Elas compartilhavam um dormitório perto de seu quarto de dormir, e moradores disseram que ele gostava de ter sete ou oito ao seu lado o tempo todo.

Apesar do tamanho imenso da família, Ziona disse à Reuters em uma entrevista concedida em 2011 que queria que ela crescesse ainda mais.

“Estou pronto para ampliar minha família e disposto a fazer qualquer coisa para casar”, disse.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.