Internacionais

Investigadores fazem operação em apartamento de Rudolph Giuliani em Nova York

Reuters
Reuters
Investigadores fazem operação em apartamento de Rudolph Giuliani em Nova York
Rudolph Giuliani fala na Casa Branca

28 de abril de 2021 - 17:04 - Atualizado em 28 de abril de 2021 - 17:06

Por Karen Freifeld e Jan Wolfe

NOVA YORK (Reuters) – Investigadores federais dos EUA realizaram uma operação de busca no apartamento de Rudolph Giuliani e em seu escritório na cidade de Nova York, obedecendo a um mandado de busca, disse nesta quarta-feira o advogado do ex-prefeito nova-iorquino e mais tarde advogado pessoal do ex-presidente norte-americano Donald Trump.

Seu advogado, Bob Costello, confirmou o cumprimento de um mandado e disse que materiais eletrônicos foram levados. Ele afirmou em um comunicado que Giuliani, de 76 anos, negou envolvimento em qualquer lobby impróprio e que os eletrônicos apreendidos continham material protegido pela relação advogado-cliente.

Procuradores federais de Manhattan investigam negócios de Giuliani na Ucrânia.

Dois ex-sócios, Lev Parnas e Igor Fruman, são acusados de violações de financiamento de campanha e outros crimes.

O trabalho de Parnas e Fruman incluiu esforços para ajudar Giuliani a vasculhar informações prejudiciais sobre o presidente, Joe Biden, e seu filho, Hunter, antes da eleição de 2020, e o que procuradores classificaram como uma tentativa de afastar a então embaixadora dos EUA na Ucrânia, Marie Yovanovitch.

(Por Karen Freifeld em Nova York e Doina Chiacu em Washington D.C.)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3R196-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.