Internacionais

Hospital alemão é colocado em quarentena por casos de variante do coronavírus

Reuters
Reuters

23 de janeiro de 2021 - 15:07 - Atualizado em 23 de janeiro de 2021 - 15:07

BERLIM (Reuters) – Autoridades de saúde da Alemanha colocaram um hospital de Berlim em quarentena depois que 20 pacientes e funcionários testaram positivo para uma variante mais infecciosa do coronavírus descoberta no Reino Unido e que está se espalhando rapidamente pelo mundo, disseram autoridades neste sábado. 

O número de pessoas infectadas no hospital Humboldt com a variante mais infecciosa B117 deve aumentar ainda mais nos próximos dias, disse à Reuters uma porta-voz da operadora de hospital público Vivantes. 

A decisão pela quarentena significa que o hospital Humboldt, na capital alemã, não admitirá novos pacientes. 

“Novos pacientes e emergências serão redirecionados para outros hospitais”, disse a porta-voz. 

A chanceler Angela Merkel fez um apelo aos alemães na quinta-feira para pararem de reclamar sobre a lenta campanha de vacinação contra Covid-19, e defendeu a decisão de estender um lockdown conforme necessário para conter a variante mais agressiva. 

(Reportagem de Michael Nienaber) 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.