Internacionais

Homem que se gabou por não poder ser preso por racismo é preso por racismo

O caso aconteceu na cidade norte-americana de Ohio, quando a vítima gravou as ofensas do agressor e postou nas redes sociais

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do Daily Star
Homem que se gabou por não poder ser preso por racismo é preso por racismo
O estadunidense foi preso por crimes de ódio. (Foto: Reprodução)

30 de abril de 2021 - 16:27 - Atualizado em 30 de abril de 2021 - 16:27

Um homem foi acusado de crimes de ódio depois que viralizou na internet um vídeo em que ele aparecia ofendendo uma mulher e seu filho, no dia 17 de abril. em Ohio, Estados Unidos. No vídeo, ele se autodenominou “racista para c******” e alegou que nunca seria preso por isso – dias depois, ele foi preso por racismo

De acordo com o Daily Star, a vítima das ofensas era Kiauna Larkins e seu filho de três anos. No vídeo, Rhodes aparece dizendo que ele iria “explodir sua cabeça”. A filmagem mostrou Rhodes deixando seu carro e abordando Larkins, que filmou o incidente enquanto o homem gritava: “Dê o fora daqui. Você é uma negra idiota”

Ele então continuou a se descrever como “racista para c*****”’ e disse à Kiauna que tinha um AK-47 em seu carro.

“Agimos rapidamente para resolver a situação e estamos trabalhando ativamente com os policiais para resolver o assunto. Na segunda-feira, 19 de abril, Wyndham Ridge notificou o residente para deixar o local, e ele concordou em se mudar”, informaram as autoridades policiais do local. 

Rhodes se declarou inocente das acusações. Ele foi liberado após pagar uma fiança de US$ 10.000, cerca de R$ 50 mil. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.