Internacionais

Homem poda árvore ao meio para encerrar discussão com vizinho

O vizinho reclamava que a árvore, que existe há 25 anos, atraía pássaros que sujavam sua casa

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do Daily Mail
Homem poda árvore ao meio para encerrar discussão com vizinho
(Foto: Matthew Lofthouse/ SWNS)

23 de junho de 2021 - 14:44 - Atualizado em 23 de junho de 2021 - 14:44

Uma antiga briga entre dois proprietários de casas vizinhas terminou um deles com deixando de pé uma árvore podada pela metade. A história, que viralizou após postagem no Reddit, rede de compartilhamento de imagens, mostra a foto de uma rua residencial tranquila em subúrbio de Sheffield, na Inglaterra com a árvore cortada ao meio.

Segundo o Daily Mail, Bharat Mistry, de 56 anos, e sua família ficaram arrasados quando os vizinhos da direita chamaram profissionais para cortar metade dos galhos de um pinheiro de 5 metros de altura que existia há 25 anos. A ação drástica veio após uma disputa de um ano entre Bharat e os vizinhos Graham e Irene Lee, ambos na casa dos 70 anos. O casal alegava que os pássaros na árvore estavam fazendo muito barulho e bagunçando a entrada da residência.

Fotos da árvore se tornaram virais e se transformaram em memes nas redes sociais. No local, a árvore se tornou um ponto que tem atraído muitos curiosos.

Bharat e os familiares assistiram horrorizados enquanto uma equipe de profissionais retalhava sua amada árvore, que fazia parte de seu gramado há tanto tempo.

“Ficamos bem perturbados. Imploramos e suplicamos a eles que não o fizessem, mas eles estavam decididos. Eu acredito que ele tenha o direito de cortar tudo o que está pendurado em sua propriedade. Mas você tem que perguntar. Por que depois de 25 anos você faria isso?”, disse o morador, de acordo com o Daily Mail.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.