Internacionais

Homem oferece emprego para ladrão atrapalhado que roubou seu restaurante

Depois do roubo que deixou um rastro de destruição e zero lucro para o criminoso, o proprietário do estabelecimento concluiu o ladrão está no ramo errado

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Homem oferece emprego para ladrão atrapalhado que roubou seu restaurante
Foto: Reprodução

8 de abril de 2021 - 18:58 - Atualizado em 8 de abril de 2021 - 19:05

O proprietário de um restaurante ofereceu um emprego para o ladrão que roubou seu estabelecimento. Segundo Carl Wallace, a ideia de que homem não se dá bem na atual profissão de fora da lei surgiu porque o crime acabou sem ele levar nenhum dinheiro e com muita destruição no local. 

Wallace conta que foi acordado logo depois das 4h no sábado de Páscoa com as imagens de um homem encapuzado invadindo o seu restaurante em Augusta, Geórgia, EUA. O suspeito apareceu usando um tijolo para quebrar a janela e, na sequência, removeu à força a caixa registradora para descobrir que não havia nada lá.

“Em 45 segundos, ele estava de volta à porta da frente, nenhum dinheiro foi levado.  Realmente frustração e dano foram a única coisa feita. Nós acordamos no meio da noite, você tem que correr para a loja, limpar a grande bagunça e lutar para abrir a loja de volta às 11 horas. Isso me fez perceber que como um ladrão, esse cara realmente não está fazendo um bom trabalho e deve haver outros caminhos de carreira para esse cara” contou ao The Mirror. 

Foi então que inspirado pelo feriado de Páscoa, eles resolveu dar uma abordagem diferente ao roubo. Ele compartilhou o vídeo no Facebook com seu número, onde pediu ao criminoso que aparecesse para uma candidatura de emprego

Desde então, ele acumulou milhares de visualizações e também chamou a atenção de proprietários de negócios locais, que disseram que também tinham uma filmagem de um homem, que acreditam ser a mesma pessoa, invadindo sua propriedade.

Wallace está “extremamente esperançoso” de que o ladrão entrará em contato para que ele possa ajudar a quebrar o ciclo de roubos.

“Essa seria uma das maiores histórias: você pega alguém que estava no caminho errado e  lhe dá uma mão. Talvez esse cara nunca tenha tido essa oportunidade. Talvez ele sempre tenha sido rebaixado na vida.”

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.