Internacionais

Homem é preso acusado de transmitir coronavírus a 22 pessoas

 

O caso aconteceu na cidade de Maiorca, na Espanha

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações da revista Planeta
Homem é preso acusado de transmitir coronavírus a 22 pessoas
O homem foi preso e deve ser investigado por agressão (Foto: Freepik)

27 de abril de 2021 - 11:37 - Atualizado em 27 de abril de 2021 - 11:37

Um homem foi preso suspeito de infectar 22 pessoas com o novo coronavírus propositalmente, na Espanha. Ele deve ser investigado por agressão.

O homem tem 40 anos e é acusado de continuar indo ao trabalho e à academia mesmo apresentando sintomas de Covid-19, como tosse e febre de 40°C. Testemunhas afirmam que ele chegou até a caminhar puxando a máscara para baixo, tossindo e dizendo aos colegas de trabalho que iria infectá-los

De acordo com a revista Planeta, não demorou muito para que cinco colegas de trabalho e três colegas da academia testassem positivo. Logo depois, outras 14 pessoas, parentes das pessoas infectadas, também testaram positivo para o vírus – entre elas, três crianças de um ano de idade. 

A polícia espanhola divulgou uma nota no último sábado (24) afirmando que o homem apresentava sintomas há vários dias e, mesmo após fazer o teste de PCR, continuou frequentando locais públicos enquanto esperava o resultado

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.