Internacionais

Grávida se joga no mar para salvar marido de ataque de tubarão

A mulher não pensou duas vezes ao ver a barbatana dorsal do animal e o sangue na água

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Grávida se joga no mar para salvar marido de ataque de tubarão
Foto: Reprodução/Facebook

26 de setembro de 2020 - 18:36 - Atualizado em 26 de setembro de 2020 - 18:40

Uma mulher grávida se jogou no mar para salvar seu noivo que havia sido mordido por um tubarão no arquipélago de Florida Keys, na Flórida, EUA. 

Andrew Charles Eddy, de 30 anos, mergulhava com snorkel em um recife de corais quando foi atacado na região do ombro pelo predador marinho na manhã do último domingo (20). 

Conforme familiares, Margot Dukes-Eddy, a esposa, estava fora da água assistindo a diversão, mas quando viu a barbatana dorsal do animal e o sangue na água, não hesitou por um segundo e pulou no oceano. Na sequência, ela puxou o marido para cima do barco em que a família estava durante o passeio. 

De acordo com o jornal New York Post, testemunhas disseram que um tubarão-touro com cerca de 2,7 metros foi avistado no local próximo ao ataque. Esta espécie é considerada uma das mais agressivas e pode poder mais forte do que um tubarão-branco

Marido salvo de tubarão está ben

O homem foi socorrido e encaminhado de helicóptero para um hospital. Na quinta-feira (24), a esposa heroína postou uma mensagem em seu Facebook e afirmou que o marido está se recuperando do ataque de tubarão.

“Andrew está a caminho de uma recuperação total, e estamos extremamente gratos por a gravidade dos seus ferimentos tirar a sua vida. Sempre admirei a forma como meu marido enfrenta ferozmente desafios, e esta circunstância não é diferente. A prioridade da nossa família neste momento é o progresso, a proteção e a paz para o Andrew, para mim e para a nossa filha que ainda não nasceu. O Andrew vai usar o seu braço ferido para segurar a sua bebê em apenas seis semanas, e isso é um milagre”, escreveu ela.