Internacionais

Garçonete ganha R$ 11 mil após ser xingada por cliente ao exigir protocolo contra Covid-19

Cliente se negou a pagar a gorjeta para a funcionária e ainda escreveu um bilhete para ela na nota “Lamento, mas a garçonete se f…”

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Garçonete ganha R$ 11 mil após ser xingada por cliente ao exigir protocolo contra Covid-19
(Foto: Reprodução/ Facebook/ Jamie Lauren)

26 de junho de 2021 - 18:07 - Atualizado em 26 de junho de 2021 - 18:07

A pandemia da Covid-19 mudou a rotina de muitas pessoas e também dos estabelecimentos comerciais devido aos protocolos de segurança. Entretanto, mesmo após mais de um ano convivendo com as mudanças, ainda existem pessoas que insistem em desrespeitar regras. Nesta semana uma garçonete do estado americano de Nova Jersey passou por uma situação constrangedora ao informar clientes que eles deveriam desocupar a mesa.

A funcionária se dirigiu aos clientes para exigir o protocolo de segurança estabelecido no estado. De acordo com o decreto local, os restaurantes devem funcionar com 50% da capacidade das mesas e os clientes só podem permanecer dentro do comércio por no máximo 1h30. Como o tempo deles já havia sido esgotado e outro funcionário já havia avisado sobre a determinação, coube a garçonete Beth pedir para que eles se retirassem.

Incomodado com a atitude da funcionária, o cliente então se recusou pagar a gorjeta para a garçonete e ainda escreveu um bilhete na nota. “Lamento, mas a garçonete se f… nessa. Não expulse clientes após 90 minutos”.

Entretanto, o que o desrespeitador de decreto não sabia é que o caso iria viralizar. Logo após a ocorrência, uma foto da nota foi parar nas redes sociais e Beth recebeu mais de US$ 2.000 de gorjeta, o equivalente a R$ 11 mil.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.