Internacionais

Fome na América Central está disparando, alerta agência da ONU

Reuters
Reuters
Fome na América Central está disparando, alerta agência da ONU
Criança de 1 ano e 10 meses tenta alcançar prato de comida em Palmilla, na Guatemala

24 de fevereiro de 2021 - 10:20 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2021 - 10:21

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) – O número de pessoas passando fome em El Salvador, Guatemala, Honduras e Nicarágua quase quadruplicou nos últimos dois anos, disse a Organização das Nações Unidas (ONU) na terça-feira, já que a América Central está sendo assolada por uma crise econômica.

Novos dados divulgados pelo Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA) mostraram que quase 8 milhões de pessoas nestes quatro países estão passando fome neste ano – em 2018 eram 2,2 milhões.

“A crise econômica induzida pela Covid-19 já havia colocado o alimento nas prateleiras dos mercados fora do alcance das pessoas mais vulneráveis quando os furacões Eta e Iota as prejudicaram ainda mais”, disse Miguel Barreto, diretor regional do PMA para a América Latina e o Caribe, em um comunicado, referindo-se aos dois furacões que atingiram a América Central em novembro.

O PMA também disse que 15% dos entrevistados pela organização em janeiro de 2021 disseram estar fazendo planos concretos para migrar, quase o dobro da percentagem de 2018.

(Por Noe Torres)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1N0VR-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.