Internacionais

EUA passam de 18 milhões de casos de Covid-19 de olho em variante britânica

Reuters
Reuters
EUA passam de 18 milhões de casos de Covid-19 de olho em variante britânica
.

22 de dezembro de 2020 - 15:25 - Atualizado em 22 de dezembro de 2020 - 15:26

Por Susan Heavey e Gabriella Borter

(Reuters) – O total de casos de Covid-19 dos Estados Unidos passou de 18 milhões nesta terça-feira, e as autoridades de saúde tentam fazer frente ao temor de uma nova variante altamente transmissível do coronavírus no Reino Unido.

Relatos da nova variante na Inglaterra, que provocaram um lockdown pré-natalino e levaram dúzias de países a fecharem as fronteiras a viajantes britânicos nesta semana, induziram conversas entre autoridades de governo a respeito de exames de Covid-19 obrigatórios para viajantes do Reino Unido e uma possível imposição de quarentena.

As notícias sobre a mutação do coronavírus chegam no momento em que os EUA lidam com uma disparada de infecções novas que está sobrecarregando os hospitais de alguns Estados. O milhão de casos mais recente foi registrado em apenas seis dias, de acordo com uma contagem da Reuters, e as fatalidades norte-americanas de Covid-19 se aproximam de 320 mil, a cifra mais alta do mundo.

Algumas autoridades de saúde dos EUA tentaram apaziguar nesta terça-feira o receio de uma nova variação do vírus, dizendo que ela deve ser monitorada, mas que sua descoberta não é causa de desespero.

O secretário da Saúde dos EUA, Alex Azar, disse à Fox News nesta terça que as vacinas da Pfizer/BioNTech e da Moderna, que receberam autorização de uso emergencial neste mês, devem ser capazes de evitar a doença provocada pela variante recém-descoberta do vírus e que ela não parece causar efeitos físicos diferentes em indivíduos.

(Por Susan Heavey, Lisa Lambert, Peter Szekely, Anurag Maan e Gabriella Borter)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGBL1CQ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.