Internacionais

Espanha usará vacina da AstraZeneca em trabalhadores essenciais acima de 65 anos

Reuters
Reuters
Espanha usará vacina da AstraZeneca em trabalhadores essenciais acima de 65 anos
Homem recebe dose da vacina da AstraZeneca em centro de vacinação em Madri, na Espanha

31 de março de 2021 - 13:11 - Atualizado em 31 de março de 2021 - 13:16

MADRI (Reuters) – A Espanha decidiu ampliar o uso da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca a trabalhadores essenciais de mais de 65 anos para proteger um grupo pequeno de pessoas que ainda não se aposentou, informou o Ministério da Saúde nesta quarta-feira.

Vários outros países europeus foram mais longe e descartaram totalmente os limites de idade, ou agora estão dando a vacina da AstraZeneca principalmente a pessoas mais velhas, como a Alemanha.

O limite de idade foi imposto porque testes clínicos iniciais contaram com muito poucas pessoas de 65 anos ou mais.

Até então, a Espanha só estava usando a AstraZeneca para pessoas de 18 a 65 anos, com foco em trabalhadores essenciais como policiais, bombeiros ou professores.

Mas isso privava um número pequeno destes profissionais com mais de 65 anos da vacinação, disse o ministério, esclarecendo o impacto de uma decisão tomada na noite de terça-feira.

Tendo inoculado primeiramente moradores de casas de repouso e seus cuidadores, assim como profissionais de saúde da linha de frente, agora a Espanha está aplicando vacinas feitas pela Pfizer-BioNTech e pela Moderna a pessoas de mais de 80 anos, e as de mais de 70 são as próximas da fila.

O país, que já administrou 7,7 milhões de doses e vacinou totalmente 2,64 milhões de pessoas, almeja ter 70% de seus 47 milhões de habitantes vacinados até o final do verão local.

(Por Emma Pinedo)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702)) REUTERS AC

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2U1EC-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.