Internacionais

Deslizamentos de terra matam 12 pessoas e deixam 21 desaparecidos no Nepal

Reuters
Reuters

13 de setembro de 2020 - 13:15 - Atualizado em 13 de setembro de 2020 - 13:15

Por Gopal Sharma

KATMANDU (Reuters) – Deslizamentos de terra provocados por chuvas torrenciais atingiram duas aldeias no Nepal neste domingo, matando pelo menos 12 pessoas, afirmou um funcionário do governo.

Dez pessoas morreram e 21 estão desaparecidas depois que um grande deslizamento de terras destruiu casas e deixou vítimas em Barahbise, 100 km a leste de Katmandu, perto da fronteira com a região chinesa do Tibete, disse o funcionário do governo nepalês Murari Wasti.

Duas outras pessoas morreram em um deslizamento de terra em Baglung, no noroeste.

Ambos os deslizamentos atingiram as aldeias antes do amanhecer e as pessoas não tiveram chance de escapar em segurança, disseram as equipes de resgate.

“As equipes de resgate estão procurando pelos desaparecidos”, disse Wasti à Reuters.

As últimas fatalidades aumentaram para 314 o número de mortos em deslizamentos de terra e enchentes na temporada de monções que vai de junho a setembro. Pelo menos 111 pessoas continuam desaparecidas e 160 ficaram feridas, disse Wasti.