Internacionais

Criança de 9 anos se esconde em armário enquanto pai mata toda a família

O homem chegou em casa para participar do aniversário da filha, mas assassinou todos as presentes antes de atirar contra si mesmo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do The Mirror
Criança de 9 anos se esconde em armário enquanto pai mata toda a família
Chloe Spears, de 16 anos, foi morta a tiros por seu padrasto. (Imagem: Reprodução/NBC New York)

9 de abril de 2021 - 16:44 - Atualizado em 9 de abril de 2021 - 16:50

Uma menina de nove anos se escondeu em um armário enquanto seu próprio pai matava todos os familiares durante sua festa de aniversário. O crime ocorreu na última segunda-feira (5) em Brownsville, Nova York, e ela foi a única sobrevivente do massacre.

Joseph McCrimons, de 46 anos, assassinou a tiros sua esposa e suas duas enteadas antes de apontar a arma para si mesmo. Rasheeda Barzey, de 45 anos, e Solei Spears de sua filha, de 20 anos, e Chloe Spears, de 16 anos, foram encontradas mortas no corredor da residência e uma na sala de estar

De acordo com o Departamento de Polícia de Nova York , a criança ligou para o 911 chorando e declarou: “Papai estava vindo para o meu aniversário e atirou nas pessoas”. 

“Ela estava chorando e chorando [que] ‘não tinha presentes’. Foi comovente ouvir isso. Nós a encontramos escondida em um armário”, contou o chefe dos detetives James Essig. 

Em depoimento, um vizinho relatou à polícia que costumava ouvir o casal brigando, mas na noite do crime, não houve gritos ou discussão, apenas disparos de arma de fogo. “Na noite passada, não houve palavras, nenhuma discussão. Apenas ‘pop, pop’ e, após o primeiro pop, ela começou a chorar. Em seguida, houve mais três, e houve silêncio”, contou a pessoa que não teve a identidade divulgada. 

Parentes dizem que Rasheeda e McCrimons tinham um relacionamento “muito difícil” há anos, mas não era ruim o suficiente que a polícia fosse chamada.“Ele tinha uma doença mental e foi hospitalizado antes. Ele tentou se matar, mas nada disso. Se ele queria se matar, tudo bem, mas por que as meninas?”, declarou Hasley Derosena, ex-cunhado de Rasheeda.