Internacionais

“Compromisso real” no projeto de infraestrutura dos EUA é possível, diz senadora republicana

Reuters
Reuters

30 de maio de 2021 - 14:33 - Atualizado em 30 de maio de 2021 - 14:33

Por Richard Cowan

WASHINGTON (Reuters) – As negociações com o presidente dos EUA, Joe Biden, sobre um pacote de investimento em infraestrutura potencialmente expressivo estão avançando, embora permaneçam desacordos sobre o tamanho e o escopo do mesmo, afirmou neste domingo a senadora republicana Shelley Moore Capito.

“Acho que podemos chegar a um compromisso real, com certeza, porque ambos ainda estamos no jogo”, disse Capito em uma entrevista à “Fox News Sunday”.

Capito lidera um grupo de seis republicanos do Senado que têm mantido contato regular com Biden e assessores da Casa Branca sobre um projeto de lei que o governo deseja aprovar imediatamente no Congresso.

Os senadores republicanos propuseram 928 bilhões de dólares para melhorar estradas, pontes e outros projetos tradicionais de infraestrutura. Grande parte do financiamento viria de dinheiro já transformado em lei para outros fins que eles argumentam que não são usados.

A última oferta em negociações do governo Biden é de 1,7 trilhão de dólares e incluiria gastos federais em projetos que vão além da infraestrutura tradicional, como atendimento domiciliar para idosos.

O secretário de Transportes, Pete Buttigieg, falando no programa “This Week” da ABC, disse sobre a última contraoferta republicana: “há um movimento na direção certa, mas muita preocupação”.

“Precisamos fazer investimentos além do que teria acontecido de qualquer maneira”, acrescentou. Ele também destacou a necessidade de usar o projeto de lei de infraestrutura para lidar com a mudança climática e sinalizou oposição à transferência do dinheiro do alívio da Covid-19 para contas de infraestrutura.

Capito disse que após uma reunião na Casa Branca, que os republicanos consideraram produtiva, os assessores de Biden se afastaram de algumas das ideias que os republicanos defenderam.

“Tivemos algumas idas e vindas com a equipe que meio que recuaram um pouco, mas acho que estamos suavizando essas arestas”, disse o senador da Virgínia Ocidental, cujo Estado deve se beneficiar significativamente de novos investimentos em infraestrutura.

No entanto, os republicanos continuaram a hesitar em aumentar os impostos sobre os ricos e as empresas para ajudar a financiar os projetos.

“Não vou votar para derrubá-los”, disse Capito quando questionado sobre a redução de alguns dos cortes de impostos republicanos decretados durante o governo Trump.

Ela também se opôs à inclusão de novos financiamentos para projetos que vão além da infraestrutura física, afirmando que esses poderiam ser considerados em outras medidas que tramitam no Congresso.

Esperava-se que as negociações continuassem esta semana, embora o Congresso esteja em uma pausa, com o Senado retornando em 7 de junho.

(Reportagem de Richard Cowan, Linda So e Dan Burns)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.