Internacionais

Cientista chinês diz que Pequim compartilhou dados da Covid-19 com investigadores

Reuters
Reuters
Cientista chinês diz que Pequim compartilhou dados da Covid-19 com investigadores
Liang Wannian participa de coletiva em Wuhan, China

31 de março de 2021 - 11:50 - Atualizado em 31 de março de 2021 - 11:51

PEQUIM (Reuters) – Um renomado médico especialista chinês disse nesta quarta-feira que não existe base factual nas acusações de que a China não compartilhou dados com pesquisadores internacionais indicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para investigar a origem da Covid-19.

Após a publicação de um estudo conjunto da China e da OMS sobre o tema na terça-feira, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que a China omitiu dados dos investigadores internacionais.

Mas Liang Wannian, que foi colíder do estudo conjunto, disse aos repórteres que pesquisadores dos dois lados tiveram acesso aos mesmos dados durante a investigação e que as afirmações sobre uma falta de acesso não são fidedignas.

“É claro, de acordo com a lei chinesa, alguns dados não podem ser levados ou fotografados, mas quando os estávamos analisando juntos em Wuhan, todos podiam ver a base de dados, os materiais – foi tudo feito junto”, disse.

Respondendo a alegações de que o grupo de especialistas não teve acesso a conjuntos de dados e de amostras completos, Liang disse que cientistas nunca têm informações perfeitas.

Ele também rejeitou as queixas de que a publicação do relatório foi adiada diversas vezes, observando que “cada frase, cada conclusão, cada dado isolado” precisava ser verificado pelos dois lados antes de poder ser divulgado.

O estudo conjunto concluiu que a origem mais provável da Covid-19 está em animais e que ele provavelmente foi transmitido aos humanos por uma espécie intermediária.

(Por Gabriel Crossley)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2U19W-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.